Tratamento

(Colaboração da Dra. Eugênia Ribeiro Valadares, chefe do depto de genética da UFMG)

Pessoas com DEFICIENCIA DA BIOTINIDASE são incapazes de obter BIOTINA na sua alimentação diária.
 
Para um tratamento bem sucedido é necessária a ingestão de 05 a 20 mg de BIOTINA LIVRE diariamente, via oral por tempo indeterminado. Para os casos de deficiência parcial a recomendação é de 5 mg de BIOTINA ao dia. Para deficiência total a recomendação inicial é de 10mg ao dia podendo a dosagem ser alterada para até 20mg ao dia, caso seja necessário.
 
Crianças com DEFICIÊNCIA DA BIOTINIDASE que iniciam o tratamento precocemente não desenvolvem os sintomas relacionados com esta desordem. É um tratamento para toda a vida, não devendo ser interrompido.
 
A biotina pode ser adquirida nas farmácias de manipulação. O preço da biotina pode variar de um estado para o outro. Já houve variações de preço de até 650% de uma farmácia para outra, em diferentes cidades. Como é um tratamento permanente vale a pena se informar em várias farmácias, lembrando que se deve ter o cuidado de adquirir a biotina em uma farmácia bem credenciada.
 
Não é conhecido nenhum efeito colateral sério pela ingestão de biotina, apesar da pouca quantidade de informações disponíveis ainda sobre o uso contínuo da vitamina. Com o progresso das crianças tratadas com biotina, os médicos estão adquirindo um melhor entendimento da necessidade de biotina no organismo. Hoje já existem pacientes que iniciaram o tratamento antes de um ano de idade, que fazem uso constante da biotina, já com mais de 30 anos de idade. Nenhum paciente apresentou qualquer efeito colateral com o uso contínuo da biotina.
 
A biotina normalmente é manipulada e entregue ao paciente em cápsulas ou comprimidos. Não usar comprimidos. Use as cápsulas que podem ser destravadas e adicionado no leite do bebê ou na sua comida. No caso de mães que estejam amamentando seus bebês, deve-se tirar manualmente o leite do peito e dissolver a biotina em uma pequena quantidade do mesmo. Certifique-se que o bebê está ingerindo todo o remédio. O mais prático é dissolver o conteúdo da cápsula e dar em uma colher ou copinho com leite, suco ou água. Mamadeira não é uma boa opção, pois o pó pode ficar retido no bico da mamadeira.
 
A biotina líquida não deve ser administrada, pois pode resultar numa dosagem inadequada.